<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6609360788119644874\x26blogName\x3dRapazes+de+Preto+++Noticias+de+despor...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rapazesdepreto.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rapazesdepreto.blogspot.com/\x26vt\x3d1151129100679812676', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Momentos

globet.com - the better you bet!

Actualização

quarta-feira, 31 de janeiro de 2007

Rui Gonçalves foi esta tarde à sede da Liga proceder à inscrição de Pitbull, Joeano e ainda a homologação de Silvio (ex. Tourizense)

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Pitbull e... JOEANO

Ao cair do pano da janela de transferências e de inscrições para os clubes nacionais, eis que a Académica assegura duas contratações. Trata-se de Pitbull e Joeano.

Pitbull

Cláudio Pitbull, como já havíamos dado conta, vai ser mesmo jogador da Briosa. Chega de manhã a Coimbra e vai assinar antes de almoço, sendo apresentado na parte da tarde. O jogador brasileiro, emprestado pelos dragões até final da época, vem, fazendo-se acompanhar do empresário Jorge Baidek.
Não foi fácil assegurar o concurso do avançado-esquerdo, que era também pretendido por Aves, Nacional e Santos do Brasil.

Joeano

Joeano. Já conhecíamos a vontade do jogador de voltar a Coimbra, e ainda o desejo dos adeptos em ter de volta ao Calhabé um dos jogadores mais acarinhados dos últimos tempos do clube. Sabemos agora que, após um esforço negocial que envolveu ainda uma redução substancial do salário do atleta, que a Académica conseguiu garantir Joeano até ao final da época. O avançado fica por empréstimo até final da época, sem direito de opção.


Cláudio Pitbull vem encaixar-se no plantel para contituir uma opção válida para a ponta esquerda devido à baixa de peso motivada pela lesão de Hélder Barbosa, cuja recuperação está a correr bem e vislumbra-se a hipótese do craque poder regressar ainda antes do final da época a tempo de ajudar a equipa.
A inclusão de Pitbull, vem trazer maior amplitude ao ataque e mais capacidade ofensiva.

No centro da área vai estar Joeano para corrigir o gritante défice concretizador da equipa. O regresso de Joeano é uma notícia que todos os academistas saúdam e certamente um jogador no qual todos vão depositar as suas esperanças.

Defesa Direito. É posição que não vai ser reforçada depois deste ajustamento de Janeiro.
Depois de falhadas as negociações com Alex (wolfsburg), Manuel Machado terá de solucionar (ou continuar) o problema de outra forma. Já vários jogadores passaram pelo lugar: Sonkaya, Nuno Piloto e Nuno Luís (estes numa defesa de 4 jogadores), sendo que no esquema de 3 centrais, já vimos Paulo Sérgio e Roberto Brum a fechar a lateral. Outra hipótese para o técnico da briosa poderá passar por apostar em Sarmento para a posição. Dúvidas que certamente dissiparemos a breve trecho.

O ‘mercado’ encerra ao final da tarde e com estas novidades, queremos crer que o plantel da Académica fica mais sólido e mais equilibrado, para se lançar de cabeça na segunda volta, na qual todos temos esperança que corra da melhor forma e que terminemos numa posição de respeito à imagem da instituição.

‘É o nosso fado’, mas será pedir muito uma época tranquila?

FORÇA RAPAZES!
VIVA A ACADÉMICA!

Autor: Libelinha » COMENTE: |

O 3x3x3x1 de Manuel Machado

segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

Há muitos anos que vejo jogar a Académica e não darei novidade nenhuma se disser que o actual esquema táctico da Briosa é, porventura, dos mais elaborados de me lembro. Costuma até dizer-se que cada clube tem uma filosofia táctica, que se adequa ao seu historial. Não preciso de recordar o 3x4x3 do Ajax ou o clássico 4x4x2 britânico. O Sporting, por exemplo, sempre foi uma equipa que privilegiou este esquema ao longo dos anos, honrando, "qui ça", a sua tradição britânica, enquanto que nos últimos anos, é o 4x3x3 que melhores resultados tem dado ao F.C.P.
Na AAC, e tal como nas maioria dos clubes, o esquema táctico varia consoante as concepções do treinador que dirige a equipa. A novidade, esta época, é que o mesmo treinador adopte tantos e tão diferentes esquemas. Vejamos. Manuel Machado começou a época a jogar em 4x3x3, com Hélder Barbosa e Miguel Pedro como alas, variando, posteriormente, para um 4x4x2, ainda com as alas bem abertos nas linhas e apenas com duas unidades de contenção, no apoio aos dois avançados. Com a lesão de Hélder Barbosa, e porque a Briosa não tem um plantel com muitos extremos, o 4x4x2 passou a funcionar segundo o modelo do losango, no meio-campo, cabendo a Filipe Teixeira pautar todo o jogo ofensivo da Briosa.
Todavia, a novidade, nas últimas partidas, reside na adopção deste esquema do 3x3x3x1. Três unidades defensivas, a que se segue uma segunda linha de médios de maior contenção e de capacidade na recuperação de bola, que fazem a ligação entre a zona defensiva e a linha criativa, na qual Filipe Teixeira assume papel destaque, no apoio ao ponta de lança.
Razões deste modelo e vantagens:
A razão mais forte centra-se na ausência de laterais de qualidade na defesa da Académica. Sem lateral direito, e com Lino que é mais extremo que lateral, Manuel Machado vê-se forçado a adoptar um esquema que não privilegia as faixas. Além disso, permite assim o avanço de Lino pelo seu corredor para que este faça aquilo que melhor sabe: atacar. Outra das razões pode ter a ver com o facto de, ao jogar com 3 centrais e 3 médios de cobertura, a equipa ficar (teoricamente) mais forte nas bolas paradas.
Desvantagens:
Várias. Desde logo, o facto da Académica ficar amputada de jogo pelas linhas na 1a fase de construção, tornando-a muito previsível. Litos, Danilo, Kaká (ou Medeiros), não sobem com a bola controlada, não criam rupturas, apenas se limitam a despachar a bola ou a entregá-la aos médios da segunda linha. Aliás, o problema principal, diga-se, reside nesta segunda linha. Três médios de caracteristicas semelhantes, batalhadores e sem rasgo, não fazem um passem a mais de 10 metros, não forçam o 1x1, não jogam pelas linhas. Brum é uma visão do jogador que já foi, descaído pela direita (chegou a ser confrangedor ver Simão a passar por ele), Alexandre descaído para a esquerda perde sentido posicional e Paulo Sérgio, no meio, apenas tem capacidade para destruir e ganhar bolas altas. Por isso mesmo, a solução passa sempre por procurar a referência, o pivôt ofensivo: Filipe Teixeira, o que acentua a previsibilidade deste esquema, que só é atenuado pelas incursões de Lino pela esquerda e alguns (poucos) fogachos de Miguel Pedro pela direita. E como Gyanó (ou Nestor), raramente saem do seu habitat natural para procurar jogo... temos todo o futebol ofensivo da Brisa resumido a 2 jogadores. Claro que, em abono da verdade, se deva dizer que este esquema terá alguma utilidade fora de casa e com Dame N'Doye no 11, porque a sua mobilidade e capacidade técnica, permite que haja mais movimentos de ruptura para as entradas dos médios nas zonas de finalização.
O jogo com o V.Setúbal
Carlos Cardoso leu bem e colocou a equipa a jogar em 4x4x2 com um losango no meio-campo. Varela e Amuneke faziam pressão no trio defensivo da Briosa, Binho encostava (e de que maneira) em Filipe Teixeira, Sandro, André Barreto e Bruno Ribeiro chegavam e sobravam para Brum, Paulo Sérgio e Alexandre, com a vantagem de André Barreto conseguir dar acutilância ofensiva e meia distância à turma do sado. Janicio vigiava (mal) Lino, Verissimo (adaptado), marcava Miguel Pedro, e os centrais Auri e Hugo eram mais que suficientes para Gyano, acabando por dobrar os laterais quando estes subiam.
Quando Manuel Machado mexeu, foi pior a emenda que o soneto, porque abdicou totalmente de construir jogo pelas faixas e a partir de trás, passando, a 20 minutos do fim, a jogar num ridiculo 3x2x1x4, que nunca incomodou a defensiva setubalense. Carlos Cardoso voltou a ler bem e lançou Rui Dolores e Amuneke para explorar as faixas (onde não estava ninguém da Académica) e por pouco não chegou ao 2-0.
Manuel Machado é, na minha opinião, um bom treinador, e saberá, melhor que niguém, os jogadores que tem ao seu dispor. Mas talvez não fosse preciso inventar tanto para mostrar aquilo que já toda a gente sabe: a Briosa tem um plantel muito desequilibrado, nas faixas e no seu sector atacante, pelo que é urgente que se contratem jogadores para colmatar essas falhas. E, de preferência, que não seja por vídeo.

Autor: Nuno Oliveira » COMENTE: |

AAC 0 - Vitória de Setúbal 1 - À deriva no Sado

Analise

A Briosa inicia esta segunda volta da pior forma possível: uma derrota caseira, frente a um adversário ditecto na luta pela manutenção.
Vtiória de Setúbal que a Académica derrotou, há três semanas atrás, para a Taça de Portugal, tendo feito uma boa exibição nesse encontro.
Mas não há dois jogos iguais, e ontem a Briosa desiludiu em toda a linha, com uma exibição cinzenta, a tender para o negro na segunda parte, perante um Vitória de Setúbal que veio apenas para pontuar, mas que percebeu, a certa altura, que podia vencer o jogo.
E venceu bem...
Carlos Cardoso montou um esquema hiper-defensivo, apenas com Varela e Amuneke na frente, tendo o Setúbal usado e abusado de entradas duras, que tiveram a complacência do trio de arbitragem.
Manuel Machado, por seu lado, optou pelo equema habitual, sem ninguém na lateral direita, com Medeiros e Gyano no lugar dos castigados Kaká e Dame.
Apesar de se poder queixar de falta de opções no banco (Lira, Nestor, Sarmento, Gelson, Sonkaya e Piloto não é de facto um banco recheado...) MM esteve francamente desastrado na altura de mexer na equipa, dando a certa alutra a ideia de que ninguém sabia o que andava a fazer em campo.
Enfim, uma exibição e um resultado para esquecer, ou para lembrar que faltam dois dias para que o mercado de Dezembro feche as suas portas...


Pedro Roma (12): Igual a si mesmo. Uma grande defesa na primeira parte, viu a bola percorrer os ferros da sua baliza por 3 vezes. Nada a fazer no lance do golo.

Litos (13): Está em boa forma. Bom sentido posicional, foi cortando lances de perigo até ser "traído" por Paulo Sérgio no lance do golo. Ainda evitou o 0-2 em cima da linha, já no final.

Danilo (11): Mais discreto que Litos, mas sem comprometer.

Medeiros (10):Levou muitas vezes com Varela pelo seu lado, e apesar da falta de rins que revela, não esteve mal. Sacrificado depois do golo.

Paulo Sérgio (9): Falhou na marcação a Binho no lance que deu origem ao único golo da partida. Erros que se pagam caro...

Alexandre (13): Dos menos maus. Procura jogar com a bola junto ao relvado, circular jogo, o único dos médios defensivos com capacidade de pensar o jogo. O mais regular da equipa.

Roberto Brum (10): Novamente descaído para a direita, onde não se dá bem, voltou a rubricar exibição cinzenta. A sua cabeça está longe, resta saber se o corpo a vai acompanhar...

Lino (12): Boa primeira parte, com alguns cruzamentos intersssantes pela esquerda, foi sacrificado por MM quando recuou para defesa esquerdo, na altura em que a equipa mais precisava dos seus cruzamentos venenosos...

Miguel Pedro (10): Muitos minutos em que se "ausenta" da partida, também não fez um bom jogo.Tem de render mais, e já mostrou que é capaz de o fazer.

Filipe Teixeira (13):Desapoiado e marcado em cima por Binho, foi o único capaz de criar (os poucos) lances de perigo da Briosa.

Gyano (9): A Académica precisa de mais...

Nestor(0):Primeira opção de MM, só se viu quando falhou um golo de baliza aberta.Uma nulidade.

Sarmento (5): Substituiu Medeiros.Andou pela esquerda e pela direita do ataque, mas nada acrescentou.

Gelson (5):Poder de choque para os últimos minutos. Pelo menos luta..

Autor: Diogo Lucas Pires » COMENTE: |

Preocupação

O jogo desta tarde deixou-me, no mínimo apreensivo. Depois de uma série de boas exibições contra equipas de outros patamares, nas quais só faltou um pouco de sorte, eis que, contra um adversário directo, o panorama foi outro. Uma equipa sem brilho, sem garra, numa exibição completamente pálida, uma das piores da época, a deixar-nos numa situação um pouco delicada.

Em termos tácticos, não vou comentar o sistema de três centrais porque sou suspeito (nunca gostei de o ver, em nenhuma equipa). Mas encostar Roberto Brum à direita parece-me um crime. Aliás, pelos últimos jogos e pela reacção de Brum à substituição, quer-me parecer que as coisas não andam bem.

Mais: não temos um avançado de jeito. Gyano é esforçado e pouco mais, assim como Gélson; Nestor é uma nulidade. E um dado parece ser óbvio: hoje faltou força, hoje faltou garra, hoje faltou quem levasse a equipa para a frente. Hoje faltou...Dame N'Doye, e quer queiramos quer não, a equipa está cada vez mais dependente deste jogador.

Com isto tudo, a verdade é que o Vitória de Setúbal não precisou de brilhar para levar os três pontos. Não quero com isto tirar mérito à equipa sadina, a qual tenho uma grande admiração, seja à instituição ou à cidade, mas hoje a Académica não esteve bem, e bastava ter feito uma exibição normal para que o resultado nos fosse favorável. Mas não fez, e espero que este tenha sido um desaire pontual, e que possamos mostrar, já na Figueira, que já temos uma equipa.

Manuel Machado anda, desde o início da época a pedir tempo aos adeptos. A verdade é que estamos no início da segunda volta e ainda não se viu aquela grande Académica que foi prometida. Até quando é que vai durar este tempo?

Lembro aqui que este post, assim como outros, são opiniões pessoais minhas e não quero, de maneira nenhuma, pôr em causa a qualidade e o profissionalismo de quem está actualmente na Académica. Isto não é uma visão jornalística mas sim de adepto, visão essa que por vezes carece de racionalidade. O jogo de hoje deixou-me preocupado quanto ao que resta de campeonato, e espero que os próximos me provem que não tenho razão.

Abraços e viva a Académica.

Autor: João Campos » COMENTE: |

Antevisão.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Esta semana começamos com esta nova rubrica, falaremos um pouco do jogo passado e do que se jogará a seguir pela nossa Briosa, expectativas, importância…
Do jogo da taça já muito se falou esta semana, quero apenas realçar a brilhante vitória, o sacrifício tremendo dos nossos jogadores e o facto de perdermos dois jogadores importantíssimos para o jogo da liga frente ao Setúbal.
Passando então para este jogo que se avizinha, não poderia deixar de começar exactamente pela ausência do Kaka e do Dame, duas das boas revelações desta época e peças importantíssimas na actual estratégia da equipa, quem os substituirá? Manterá o professor a táctica dos 3 centrais? Voltaremos ao mais clássico formato de 4 defesas em linha? Acho que estas questões ficaram mais ou menos clarificadas no jogo de ontem à noite. Desconfio que foi até esse um dos motivos que levou tanta gente a ir assistir a um jogo de preparação numa noite de Inverno em que a lareira e a televisão lá de casa eram bem mais convidativas, a outra terá sido a expectativa de ver o primo (N’Doye) em acção, mas acho que a sua ausência (se não foi por motivos clínicos) aliada às últimas declarações do Professor Manuel Machado, fazem querer que não será reforço de Inverno.
Voltando à táctica para Domingo pelo que vi direi que a equipa será a seguinte; P. Roma, Litos e Danilo, Vinha a defesa esquerdo e P. Sérgio na direita, depois à frente da defesa Alexandre e Brum, nas alas Lino pela esquerda e Miguel Pedro pela direita, com Filipe Teixeira (está numa forma do outro mundo) a apoiar o ponta de lança que será o Gyano. Deixo aqui uma preocupação minha, temo pela defesa sem o Kaka, é aliás dos dois o que julgo que mais falta nos fará, sobretudo porque vamos ter pela frente um ataque muito móvel e ele é, sem dúvida, o nosso melhor central a jogar em velocidade e antecipação. Esperemos que no fim nenhum mal venha daí ao mundo.
Começa no Domingo uma de muitas finais que aí vêm, depois de um final de 1ª volta em que ao bom futebol que praticámos não corresponderam os resultados desportivos, temos agora um ciclo de adversários mais do nosso nível em que teremos que provar se jogar bem rende pontos ou não. Este tem ainda mais importância porque em caso de vitória a Briosa ficará com uma vantagem de pelo menos 7 pontos para a linha de água, o contrário significará um sufoco maior e um aproximar muito perigoso dos nossos mais directos adversários na fuga à despromoção, mais a mais quando temos dois jogos fora de portas logo em seguida. Estou confiante que vamos vencer, mas ainda não convencido.
Quanto a reforços é o que se vê, chegou o Sílvio do Tourizense, temos o Philip à experiência e mais nada até ver, estaremos à espera de domingo para saber se temos mesmo que gastar o que não temos? Deixo aqui um alerta, qualquer reforço que possa ainda chegar terá sempre um período de adaptação à equipa, numa altura tão decisiva da nossa temporada será mesmo benéfico este compasso de espera? Não foi o Treinador bem contundente no que disse é comunicação social acerca da necessidade premente de reforços “para sectores há muito referenciados”? Espero que estes primeiros sinais de falta de liquidez não se repitam mais para o fim da época, poderá ser dramático.


Abraço.

Autor: JFKampos » COMENTE: |

Nas Cabinas

Manuel Machado

Foi um jogo amistoso agradável. Bem jogado de parte a parte, sem quezílias e tecnicamente muito aceitável.”

“O dínamo é uma equipa que vai dar muito mais do que isto. Está na pré-época por isso ainda vai progredir.”

“A grande diferença entre as duas partes faz-se com o belíssimo golo do Filipe Teixeira.”

“O Filipe só entrou mais tarde porque tem uma pequena lesão e não queríamos esforçá-lo.”

“Os processos e a dinâmica de jogo estão bem mecanizados nesta altura da época, por isso vamos entrar no domingo com uma equipa flexível que se possa adaptar ao adversário, que jogo com um ou dois avançados.”

“O Sílvio vem do satélite e tem feito golos. De acordo com as disponibilidades para o jogo contra o Setúbal, tanto pode jogar como não.

Mircea Rednic (com tradução de Marinescu)

Ainda estamos na pré-época. Só trabalhamos duas semanas com duas sessões diárias e os índices físicos ainda não estão no mais alto nível. Esperemos que estejam frente ao Benfica.”

“Carlos Martins não é hipótese para o Sporting (risos) isso foi uma invenção da imprensa.”

“A finalização ainda preocupa, mas é um problema que vai estar resolvido frente ao Benfica. Aí os golos vão surgir.

Zé Kalanga

As coisas no Dínamo estão a correr bem, estou melhor física e tecnicamente.”

“Os resultados não estão a ser bons mas estamos seguros que vamos jogar bem para a UEFA.”

“Qualquer resultado frente ao Benfica é bom, desde que nos qualifiquemos.

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Bom ensaio com Teixeira em alta

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

A Briosa venceu esta noite o jogo treino com os campeões da Roménia com um fantástico golo de Filipe Teixeira, já na segunda-parte.

De início entraram Douglas na baliza, Medeiro e Litos como centrais, Vinha e Paulo Sérgio faziam as laterais, no meio-campo estiveram Alexandre, Brum, Lino e Miguel Pedro. Nestor e Dame foram os avançados de serviço.

Vinha esteve muito bem, e por várias vezes, em combinações com Lino, podia ter feito o golo, como aconteceu logo aos 5 minutos.

O jovem internacional foi bastante eficaz tanto a defender como a atacar.

Já do outro lado do terreno, Miguel Pedro teve nos pés também, por várias vezes, o golo.

Litos foi o patrão da defesa, estatuto que cada vez mais tem vindo a evidenciar, e aos 16 minutos roubou dos pés de um avançado romeno, que seguia isolado, um golo eminente.

Dois minutos depois foi a vez de Lino brilhar. Roubou uma bola à entrada da área e rematou bem, mas permitiu a defesa. Mesmo um minutos depois teve nos pés mais uma bela jogada, a corresponder a um contra-ataque fulminante pela direita, com Miguel Pedro em destaque mais uma vez.

Douglas não comprometeu. Aos 22 minutos correspondeu com uma grande defesa a um livre batido à entrada da área. Mas 3 minutos mais tarde deixou escapar uma bola que podia ter dado o primeiro golo da partida. Acabou por remediar com frieza.

Aos 36 minutos foi a vez de aparecer Dame em destaque. Foi uma grande combinação com o extremo-direito da Académica, Dame fintou um na pequena área e acabou por rematar forte, mas mal colocado, atirando para fora.

Nestor Alvarez mostrou mais uma vez que não serve às intenções da Académica. Neste jogo até correu, mas foi apanhado em foras-de-jogo e aos 42 minutos tinha tudo para fazer o golo, mas n aproveitou para mostrar serviço.

Segunda-parte com mais entrega

Na segunda-parte o único jogador que ficou em campo foi Dame. Eduardo entrou para a baliza, Kaká e Danilo para o centro da defesa, Sonkaya entrou para a direita e Lira fez a ala esquerda. Pavlovic e Nuno Piloto estavam no centro do miolo enquanto Sarmento fez de extremo esquerdo e Sílvio jogava na direita. Gyano foi o ponta-de-lança de serviço, a ser servido por Dame, que mais tarde deu lugar a Filipe Teixeira.

Apenas aos 55 minutos há motivos para registo e para uma má intervenção de Sonkaya.

Dois minutos mais tarde Pavlovic respondeu bem com um cabeceamento a passar pouco por cima da barra a um canto batido na esquerda.

Aos 15 minutos da segunda parte, Sonkaya lá mostrou algum serviço, a fazer uma boa arrancada pela ala e a dar para a cabeçada de Gyano com perigo.

Neste inicio da segunda parte destaque ainda para Sílvio que entrou com garra, e para alguns apontamentos de Nuno Piloto.

Aos 67 sai Dame e entra Filipe Teixeira. A partir daqui o jogo mudou de figura.

5 minutos em campo foram suficientes para fazer o 1-0 final da partida com um golo espectacular. Recebe a bola de costas para a baliza, vira-se e faz o drible, e com toda a calma do mundo faz um remate cruzado para o fundo das redes. Um golo que nem festejou, face à naturalidade com que lhe saiu dos pés!

Até ao final da partida, pouco há a destacar. Aos 82 Eduardo sai bem para limpar uma bola de cabeça a vinte metros da baliza. E em cima do apito final, mais uma vez o maestro Teixeira, faz um passe de morte, que Gyano desperdiçou.

___________________________

Destaques Positivos:

Filipe Teixeira – O melhor em campo pelo golo que faz e pela forma magistral como se passeia no relvado. Jogo e faz jogar…

Vítor Vinha – Já merece uma oportunidade o miúdo. Entrou com tudo a defender e a atacar.

Miguel Pedro – Parece que vai voltar às grandes exibições. Fez a cabeça em àgua À defensiva romena.

Jogadores Rodados:

Douglas – Não compromete

Medeiros – Ajuda ter o Litos ao lado…

Nestor – Não consegue rematar, mas pelo menos já corre mais

Danilo – Não falhou

Lira – Não se deu por ele, talvez porque o ataque do Dínamo passou todo pelos pés de Zé Kalanga, que jogou na esquerda no segundo tempo.

Nuno Piloto – Alguns pormenores interessantes

Sarmento – Jogou na esquerda e depois nos dois corredores e ainda teve tempo para dois remates de longe.

Sílvio – Entrou bem, mesmo fora da posição e parece querer agarrar o lugar

Sonkaya - Atacou mais, mas a defender é um sufoco... Não consegue aguentar a bola com pressão atacante

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Briosa vs Dínamo de Bucareste

A Académica faz mais logo jogo-treino contra o Dínamo de Bucareste (adversário do Benfica nos 16-avos-de-final da Taça UEFA).

O Jogo tem entrada gratuita, e tem início marcado para as 20h30, no Estádio Cidade de Coimbra.

Os romenos ocuparam a paragem de Inverno no seu campeonato com um estágio em Rio Maior, habituando-se, assim, ao clima do seu próximo adversário para a Taça UEFA.

Etiquetas: , , , ,

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Salarios regularizados

A questão do atraso do pagamento salarial dos jogadores, como o 'Rapazes de Preto' avançou ontem, está agora regularizada.
Felizmente não passou disso mesmo, um atraso por falta de desbloqueamento de uma verba, que inviabilizou a liquidação da verba para os jogadores, que normalmente acontece no inicio do mês e assim desta vez, excepcionalmente ocorreu no passado dia 19.
Afinal podemos todos respirar de alívio na certeza que este incidente não se torne a repetir. Não passou felizmente de um susto, não obstante as contas da briosa continuam a merecer os mais dedicados cuidados nesta fase tão frágil e que se estende tambem a outros emblemas do nosso convívio.

Segue a notícia retirada de As Beiras Online!:

ACADÉMICA – Dezembro foi pago com atraso
Ao contrário do que tem sido habitual, desde que José Eduardo Simões lidera a direcção da Briosa, a mensalidade de Dezembro foi paga aos jogadores com atraso.

Não foram muitos os dias de atraso no pagamento relativo ao mês de Dezembro aos atletas profissionais da Briosa que, contudo, até estão habituados a receber a tempo e horas. Porém, também por essa habitual brevidade, o atraso pontual merece referência. Ainda para mais, tendo em conta que José Eduardo Simões, aquando da sua eleição como presidente da instituição, finda a Comissão de Gestão, em Dezembro de 2004, fez da celeridade no dossiê salários uma das suas bandeiras de campanha. Promessa essa que, de resto, tem vindo a ser cumprida desde então. Uma espera no desbloqueamento de uma verba por liquidar terá estado na origem, este mês, de um pequeno atraso no ajuste desses vencimentos. O DIÁRIO AS BEIRAS apurou que os atletas deveriam, à semelhança do que tem acontecido, ter recebido no início deste mês, algo que não aconteceu, verificando-se o pagamento apenas na passada sexta-feira, dia 19. Por momentos, os atletas, habituados a passar ao lado desse tipo de problemas, mostraram alguma preocupação, tendo depois percebido que tudo não passou, afinal, de uma excepção à regra.
Entretanto, os responsáveis academistas concentram os esforços no reforço do plantel, o que deverá acontecer muito em breve, nomeadamente com a contratação de Cláudio Pitbull, avançado brasileiro vinculado ao FC Porto e que a Briosa pretende adquirir, por empréstimo, até final da temporada. Também a vinda de um defesa-direito continua a constituir uma prioridade, sendo que o internacional português Alex, ligado ao Wolfsburgo – o preferido para reforçar essa posição – ainda não foi descartado. Tal como Pitbull, a contratação de Alex, a acontecer, seria feita a título de empréstimo até ao final da época.

Etiquetas: , , , , ,

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Ex-Capitão nos eternos rivais

quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

Depois de 8 anos ao serviço das nossas cores, Paulo Adriano rumou ao Chipre para representar o AEK Larnaca e regressa agora para representar o Vitória de Guimarães.

Na reabertura do mercado, Paulo Adriano aceitou o desafio do Guimarães e será jogador dos minhotos até ao final desta época.


Em declarações ao Site Oficial do Vitória Sport Clube, Adriano explicou que o que o fez ingressar no Vitória “foram dois atributos fundamentais para regressar ao futebol português: jogar num grande Clube e lutar por o objecto máximo das equipas inscritas na II Liga. Foram estas duas componentes que pesaram sobremaneira para que a minha decisão fosse esta.”.

Paulo Adriano acrescentou ainda que “ não é por estar na II Liga que deixa de ser um grande Clube. Estou muito feliz e motivado para estes seis meses. No entanto, todos temos de ter consciência que nos espera uma missão muito difícil mas que, de todo, não é impossível. Eu acredito, e toda a gente vai ter que acreditar, que é possível repor o Vitória no lugar que lhe é devido”.


A propósito, refira-se que o actual clube de Paulo Adriano venceu, no passado domingo, o Dinamo de Bucareste, equipa que recebemos amanhã em treino conjunto pelas 20h30.


O Vitória venceu a partida por uma bola a zero, com golo de Bacari, um tento apontado já na segunda-parte do encontro.

Autor: Condeixa » COMENTE: |

SALARIOS EM ATRASO

fantasmas

Em investigação, o ‘Rapazes de Preto’ soube que os jogadores da Académica têm salários em atraso.

O atraso nos pagamentos dos salários dos jogadores ascende já a um mês, situação que preocupa dado que a saúde financeira do clube não é a melhor e o passivo anda na ordem dos 9 milhões de euros. (números do próprio presidente em Assembleia Geral)

Esta situação é nova, pois nunca na administração de José Eduardo Simões nunca tal se tinha verificado. O presidente fez, inclusive, deste assunto uma das principais bandeiras da sua presidência.

Esta notícia não deixa de causar muita apreensão pois no passado, estes incumprimentos salariais foram recorrentes, fazendo a Académica andar na boca da imprensa pelas piores razões. Quando o Presidente José Eduardo Simões assumiu a liderança da briosa a situação salarial foi rectificada e os pagamentos assumidos sempre atempadamente.

Esta situação traz de volta fantasmas do passado e poderá levar a uma situação de ruptura financeira total da nossa Académica. Esperemos que a situação seja resolvida e que não seja tão grave quanto o que indicia.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Tudo por Alex

Alex

Briosa tenta tudo por tudo por Alex para o lado direito

O internacional português Alex, a actuar nos alemães do Wolfsburgo, continua a ser considerado pelos responsáveis da Briosa, uma prioridade. O ‘Rapazes de preto’ apurou que as negociações com o defesa direito estão bem encaminhadas e em fase adiantada. Manuel Machado pretende reforçar o lado direito da defesa, limitado pelas ausências de Nuno Luís, lesionado, e de Sonkaya, fora das opções do técnico, sendo que Alex serviria como uma luva. Recentemente, o Wolfsburgo esteve em Portugal, num estágio que decorreu na região algarvia, do Vale do Lobo (Vilamoura), e, nessa altura, Alex terá aproveitado para esclarecer melhor as propostas de dois clubes da Liga, que pretendem Alex por empréstimo até final da época. Nesse lote de emblemas, encontra-se a Académica, que até ao final do mês, ainda tentará tudo para assegurar o ex-Benfica.

Lino tem três propostas

O ‘Rapazes de Preto’ sabe, que no plano contrário, pode encontrar-se o ala esquerdo brasileiro Lino, que, em carteira, tem três propostas de clubes europeus e não do Corinthians, ao contrário do veiculado por alguns órgãos de Comunicação Social. Espanha, França e Roménia chamam pelo atleta, que deve contudo permanecer no plantel, pelo menos até final da temporada.

Etiquetas: , , , , , ,

Autor: Libelinha » COMENTE: |

O autocarro nº 9

O rumo! -Por Libelinha

Quando era miúdo, costumava apanhar o autocarro nº 9.
Sabia que ia para Campo de Ourique, onde se localizava a minha escola. Muitos outros entravam no autocarro, conheciam o seu destino, o seu percurso e as suas paragens. Ninguém tinha dúvidas, tudo era claro como água.
Hoje, com frequência, sonho com outro autocarro. Um autocarro negro, o que só o enobrece, mas cujo destino, percurso ou paragens, ninguém parece conhecer suficientemente bem. De tal forma, que muitos passageiros desesperam.
Durante muitos anos, o seu percurso foi bem conhecido. Percorria vielas e bairros históricos, jardins e ruas esburacadas, mas acabava por chegar ao seu destino. Pouco rápido, por vezes incómodo e até mesmo barulhento, mas chegava.
Entretanto, a placa de destino tornou-se progressivamente menos nítida, ao ponto de ser quase ilegível.
O autocarro, ou talvez os seus motoristas, começou a não perceber por onde ir nem tampouco para onde ir. Muitos dos que se habituaram a ruas e vielas, não as conseguindo encontrar no percurso, apearam-se abruptamente. Por vezes com estrondo. Muitos dos que entraram, neste percurso agora aleatório, protestam com a lentidão da máquina, acusam o barulho e a poluição do motor e exigem, já se vê, o investimento em vias rápidas, acessos desnivelados e outras mordomias.
O autocarro continua a andar, se agora entra numa viela, logo ali se aventura numa via rápida. Procura, quiçá, o seu destino, o tal que está na placa cada vez mais esbatida. Os passageiros? Esses não sabem se querem entrar, sair, continuar ou desistir. Como hão-de saber, se a placa estão tão esbatida?
Como era simples o autocarro nº 9.

Etiquetas:

Autor: Rogério Puga Leal » COMENTE: |

Um clube, uma academia, uma gestão, o mesmo símbolo

terça-feira, 23 de janeiro de 2007

foto de Gonçalo Ribeiro - acabra.net

O protocolo de exploração da marca da Académica foi hoje assinado às 19h30 no mini-auditório Salgado Zenha da Associação Académica de Coimbra (AAC)

A TBZ passa a gerir a promoção e comercialização da “marca AAC”, depois do acordo entre a Direcção-Geral da AAC, o Organismo Autónomo de Futebol e a empresa de licencing e marketing promocional.

José Eduardo Simões, afirmou que, através deste protocolo, é possível “dar mais projecção à marca, tornando-a um grande produto a nível nacional”. O presidente do OAF referiu ainda que a exploração conjunta vai “permitir uma gestão mais global da marca”.

Já Fernando Gonçalves, o presidente da DG/AAC considerou este, “um passo absolutamente decisivo ao nível do futuro da AAC e da própria marca”. O dirigente associativo salientou que agora “é possível que a marca da Académica se afirmar não só a nível regional como também a nível nacional”.

António Silva, o director da TBZ, espera que este contrato “se torne uma marca para o futuro”. O gestor referiu ainda que a empresa está “empenhada em dar uma nova vida às lojas da Académica em Coimbra”.

António Silva destaca a necessidade de “haver uma maior familiaridade entre as pessoas e o símbolo”, e prometeu novidades para os estudantes já no final da época.

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Primeiros “reforços” de Inverno


Esta tarde ficou marcada pelo regresso ao trabalho da briosa na preparação ao embate com o Vitória de Setúbal.

Com o retomar dos trabalhos destaque para a presença de Sílvio, cedido desde o início da época ao Tourizense, que foi chamado por Manuel Machado para treinar com a equipa.

Quem já não treina mais é Dionattan, que rescindiu com os estudantes para regressar ao Brasil rumo ao Fluminense. Por outro lado, Milos Pavlovic é “reforço”. A notícia é avançada pelo Site oficial do Clube. “Depois de um complexo processo negocial, a Direcção da Académica conseguiu garantir a permanência do jogador na equipa para as próximas duas épocas e meia” adianta o Site.

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Professor reage ao sorteio

Manuel Machado reagiu esta tarde, no noticiário da Rádio Universidade de Coimbra, ao sorteio que dita o confronto com o Atlético para a 6ª ronda da Taça de Portugal.

“É uma equipa de 2ª B, por isso há um desnível natural entre as duas equipas. Nesse sentido temos a obrigação de seguir em frente.”

Mas o homem do leme da Académica não esconde algumas reservas. “O Jogo com o Atlético tem dois factores que podem esbater esta diferenciação existente. Primeiro, porque jogam em casa, e depois também o elevado índice anímico depois de eliminarem o Futebol Clube do Porto. Uma outra que não sendo da mesma dimensão é também de uma divisão superior, no caso o Santa Clara.

Sem abdicar do favoritismo que por obrigação nos cabe temos que levar em conta esses dois factores e como a taça é fértil em surpresas temos que estar avisados para que tal não venha a acontecer.”

Questionado sobre o embate que se segue, o professor afirma que não se pode mudar o sorteio. Contudo, “não é tão bom como ficar isento, mas não é tão mau como ir jogar a Alvalade ou ao Estádio da Luz”.

O jogo na Tapadinha em Alcântara é no próximo dia 10 de Fevereiro.

Mais um jogo com um histórico português… Mais um passo da Briosa rumo à renovação de 39!

Autor: Condeixa » COMENTE: |

Votação

O eleito como melhor da primeira volta pelos leitores de Rapazes de Preto - Filipe Teixeira

Os leitores do 'Rapazes de Preto' elegeram o jogador Filipe Teixeira, que aproveitamos para felicitar, como o melhor jogador da equipa na primeira volta.
O Luso-Frances, obteve 45% dos votos, contra os 35% de Dame, 12% de Pedro Roma e 4% de Brum.

Numa altura em que falta uma semana para o final da janela de transferencias, o 'Rapazes de Preto' pretende saber a opinião dos seus leitores sobre qual o sector ou posição que mais carencia de reforços.

Pode votar, fazendo-o na caixa de votações por baixo da barra de menu do lado esquerdo.
Diga-nos a sua opinião!

Obrigado pelos seus votos.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Não há dois históricos sem três!!

Briosa a caminho da Tapadinha

Pois é, depois de Vitória de Setúbal e Leixões, eis que o Atlético é o próximo adversário da Briosa na Taça de Portugal. A equipa de Alcântara anda nas bocas do Mundo depois de ter escandalizado o Dragão, e na última ronda eliminou o Santa Clara, da Liga de Honra. Cabe à Académica tentar tombar o tomba-gigantes.

Autor: João Campos » COMENTE: |

Noticias do dia

joão Pereira

João Pereira, ex-benfica, actualmente no Gil Vicente está fora de hipótese para os estudantes. O internacional sub-21 foi um dos nomes sondados para o lado direito da defesa mas recentemente chegou a acordo com o Málaga da II divisão espanhola, faltando apenas o anúncio oficial da transferência.

Dionattan

De saída está Dionattan que ao contrário do “noticiado” não vai ser vendido. Ao invés sai a custo 0 após ter rescindido o vínculo contratual que o ligava à Académica. O médio, muito massacrado com lesões, nunca chegou verdadeiramente a impor-se na briosa e está de regresso ‘a casa’ para representar o Fluminense.

Recorde-se que a contratação de Dionattan, segundo a imprensa brasileira rendeu ao Juventude US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,1 milhões), aproximadamente 800 mil euros e agora a Académica vê sair o jogador sem qualquer retorno do investimento.

Eis a notícia desta manhã no Jornal A’Bola:
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Dionattan rescindiu
O médio Dionattan rescindiu ontem o contrato que o ligava à Académica e vai regressar ao Brasil, para representar o Fluminense. O jogador deu nas vistas na sua primeira época em Coimbra, mas sucessivas lesões acabaram por afastá-lo da equipa, conduzindo agora ao seu regresso ao futebol brasileiro.
A Académica realiza, depois de amanhã, um jogo-treino com o Dínamo Bucareste. O encontro está marcado pelas 20.30 horas, no Estádio Cidade de Coimbra, com entrada livre. A equipa romena continua em Portugal a preparar o jogo com o Benfica para a Taça UEFA e Manuel Machado aproveitará para preparar a sua equipa para a recepção ao V. Setúbal.
A Direcção da Académica emitiu ontem um comunicado a dar os parabéns à claque Mancha Negra pelo desportivismo e amizade demonstrados frente à claque do Leixões, e também desejou à sua homóloga de Matosinhos «e a todos os seus adeptos de primeira, os maiores sucessos desportivos». É mais um contributo para sedimentar a amizade entre Académica e Leixões.
S. C.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Zairi

Por esta hora, o extremo direito francês de ascendência marroquina, Zairi, acerta a sua desvinculação com o Boavista.
O extremo direito chegou a Portugal epitetado de Cristiano Ronaldo de Marrocos mas não convenceu Jaime Pacheco. Zairi jogou apenas por duas vezes como suplente utilizado, situação que desagrada o craque francês e que o levou a desencadear o processo de desvinculação do clube do Bessa. Jaime Pacheco já admitiu que não vai impedir a saída do jogador.
Trata-se de um extremo direito de enorme potencial e com grandes recursos técnicos.

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Destaque Prognósticos

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

Em declarações à Ruc, no programa Prognósticos, esta noite, Manuel Machado considerou um «excesso de zelo» por parte do árbitro a amostragem do primeiro amarelo a Dame no domingo passado frente ao Leixões. Justificou ainda a entrada mais impetuosa do jogador que lhe valeu o segundo amarelo, por ter sido retido fora de campo após ter sido assistido pela equipa médica por 2 minutos, o que terá «irritado o jogador» e tê-lo intranquilizado de modo a perder a cabeça motivando a entrada impetuosa que levou à sua expulsão.

João Francisco Campos, comentador Ruc, falando em transferências considerou que as posições mais carenciadas da equipa são o ataque, onde a entrada de Joeano é vista com muito bons olhos. Apontou ainda o lado direito da defesa como o outro sector a precisar de um reforço de «qualidade» e ainda o lado esquerdo do ataque.
O analista referiu ainda que a saída de Filipe Teixeira, que apesar de parecer descartada, seria «uma má noticia» por tratar-se do melhor jogador do plantel e ser «a alma» da equipa.

Olhando para o resto do plantel, apontou Káká e Paulo Sérgio como as grandes afirmações e Dame a grande surpresa.

Comentando o jogo da próxima jornada, João Francisco Campos considerou «vital» o jogo frente ao Vitória de Setúbal.

Em entrevista ainda pela Ruc, no programa Prognósticos, Sarmento, referindo-se à Taça, disse preferir um adversário de escalões inferiores no sorteio de amanhã às 11h.
Já quanto ao seu papel na equipa disse gostar de jogar a defesa direito, onde pode constituir uma «mais-valia», no seu entender para a equipa. Fica para o técnico a decisão ou não de apostar no jogador dando-lhe mais minutos. Note-se que Sarmento foi muito pouco utilizado esta temporada, e quando foi escolhido jogou alguns minutos contra adversários como o Porto e o Benfica.

Com o impedimento do central Káká, a defesa poderá voltar ao sistema de 2 centrais e 2 laterais onde Sarmento poderá entrar para o 11.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Operação Matosinhos

100% sucesso na operação Matosinhos! O regresso a jogos complicados em campos de Liga de Honra foi um autêntico clássico entre formações com história e ambição na prova. Um jogo de nervoso miudinho, sofrido a bom sofrer até ao apito final e a mais uma Briosa vitória.

Com bilhete comprado em Coimbra, caí no equivalente à antiga Central B do velhinho Calhabé, longe da Mancha Negra e no meio de uma numerosa e aguerrida massa adepta leixonense. (adeptos de 1ª Liga como a faixa da Mancha enfatizou e bem). Ao contrário do que passagens antigas por campos nortenhos fariam prever, não houve incidentes de maior e fui mesmo muito bem tratado no Estádio do Mar, apesar dos efusivos festejos que não me inibi de ter nos golos do Dame e do Miguel Pedro.

Deu gosto ver como aquela multidão adepta (as entradas na minha bancada nos primeiros 15 minutos pareciam o NorteShopping em hora de ponta) sofre e vibra com o seu Leixões: “Aqui somos do Leixões! Depois podemos até “simpatizar” vagamente com outra equipa, mas somos do Leixões!”. Os iniciais comentários de quem tem um enorme orgulho nos seus: “O Jorge Gonçalves é o nosso craque promissor” ou “ O Roberto é o melhor marcador da Liga de Honra”, com o evoluir do marcador deram lugar a um “Estais mas é com sorte porque da nossa defesa habitual, apenas joga um central”, ou mesmo um amedrontador apelo ao auxílio divino: “ O Leixões marca sempre que passam muitos aviões em direcção ao Sá Carneiro!”.

Realmente na segunda parte o tráfego aéreo intensificou-se na nossa área, nos céus e até sofremos um golo, mas apesar de tudo a eliminatória sorriu-nos e a “road to Jamor 2007” prossegue com quem o sorteio ditar amanhã!

PS: A expulsão do Dame pareceu-me muito forçada. O Miguel Pedro e o Filipe Teixeira fizeram um jogo com J e o Pedro Roma fez “A” defesa que garantiu a vitória com o resultado 1-2 e o jogo a caminhar para o seu termo.

Autor: mlc » COMENTE: |

Dame e os festejos

Dame festeja o golo no Mar

VÍTOR Oliveira, treinador do Leixões, referiu-se ontem à situação que levou Dame a ser admoestado com um cartão amarelo na sequencia dos festejos do golo apontado pelo senegalês. No entender do técnico, a lei é «estúpida» e inibe os jogadores de festejarem como querem o «clímax do jogo», os golos.

Dame foi, ao longo do seu tempo em campo, provocado pelos adeptos da equipa da casa que o confundiram com o ex-penafidelense seu irmão com o qual têm «contas a ajustar». O senegalês, em resposta, festejou o golo que apontou em frente à bancada dos sócios como que calando (e fazendo mesmo o gesto) os sócios leixonenses. Esta atitude valeu-lhe o primeiro cartão amarelo.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
PROIBIR FESTEJOS
«Uma lei estúpida» Dame teve um incidente com os adeptos leixonenses. Estes confundiram-no com o ex-penafidelense (é irmão), com quem têm contas antigas a ajustar... e reagiram ao facto do jogador de Coimbra ter ido festejar o golo para junto da bancada mandando-os calar.
O senegalês viu o primeiro cartão amarelo na sequência desses festejos.
O árbitro limitou-se a cumprir a lei. O jogador tem de a conhecer e respeitar mas a proibição dos festejos dos golos, «o clímax do jogo», como ontem referiu Vítor Oliveira é uma «lei estúpida». O técnico leixonense tem razão e considerou que as manifestações dão vida ao espectáculo. Num jogo especial como o de ontem, os festejos estavam mais do que justificados. Há laços fortes entre os dois clubes e até os técnicos têm coisas em comum: Vítor Oliveira é sócio do Leixões e da Académica; Manuel Machado vive no concelho matosinhense...

ESTÁ EM GRANDE, MAS DEVE FICAR EM COIMBRA
Filipe Teixeira não sai Os talentos de Filipe Teixeira já deram nas vistas dos olheiros que, neste mercado de Inverno, estão atentos ao que aparece, mas tudo aponta para que o médio ofensivo permaneça na Académica. «Nunca se sabe o futuro, pode sempre surgir uma boa proposta, mas devo ficar na Académica. Sinto-me bem em Coimbra e é minha intenção continuar, pelo menos até ao final da época», adiantou o jogador, em declarações a A BOLA. Filipe Teixeira foi decisivo na forma como a Académica surpreendeu o Leixões na primeira meia hora. Mesmo assim, o médio ofensivo ressalva que «foi muito difícil aguentar a vantagem, porque o Leixões tem uma boa equipa e jogar em inferioridade foi complicado».
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Roberto Brum, que também tem sido apontado com uma das mais prováveis saídas do plantel academista, deverá no entanto ficar e até renovar o contracto que o liga ao emblema de Coimbra. Recorde-se que o brasileiro deu, na semana passada, uma entrevista à Radio Renascença onde mostrou o seu desagrado por ser tratado como uma «mercadoria» e acusar a direcção de nada fazer para assegura a sua continuidade com “a preta” vestida.

Já agora, faltam 3 jogos para o Jamor!

-notícia adaptada do Jornal A’Bola. Edição de 22/01/07

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Resumo do jogo



Cortesia RTP

Autor: Libelinha » COMENTE: |

A Briosa em exame!

domingo, 21 de janeiro de 2007

Briosa em exame! Por Diogo Lucas Pires

Grande vitória da Briosa, num jogo com muito esforço, suor, com demonstração de grande personalidade e coesão por parte da equipa.
Estádio cheio, muita emoção, uma verdadeira festa.
Realce para o desportivismo da Mancha Negra, que com uma tarja a realçar a força da massa adepta do Leixões, logo conquistou pontos, e teve uma demonstração de desportivismo muito rara nos dias de hoje. O público retribuiu com fortes aplausos.

Análise aos jogadores da Briosa:


Pedro Roma(14valores): Igual a si próprio, transimitiu sempre a segurança e a tranquilidade que a equipe necessitava. Não fez grandes defesas porque a isso não foi obrigado.

Litos (16valores): Depois de um início de época muito irregular, está agora a jogar a um nível elevado, revelando já ser o patrão desta defesa. Dos melhores jogoas ao serviço da Briosa.

Danilo (15valores) : Menos exuberante do que Litos, mas igualmente eficaz. Não foi por ali que o Leixões fez estragos...

Kaká (13valores) : Penalizado em demasia pelo árbitro, acabou expulso num lance que deixa algumas dúvidas. É um jogador jovem está a fazer uma grande temporada, mas deve controlar os seus ímpetos.

Paulo Sérgio (13valores): Desta vez foi ele o sacrificado para jogar na direita, e o facto é que esteve muitos furos acima do que fez por exemplo Roberto Brum no jogo com o Benfica.
Após a saída de Brum voltou ao centro, mantendo as características do seu jogo:
muita força, muita raça, um pulmão inesgotável.

Alexandre (14valores) : Aqui está outro jogador que não começou muito bem a época, mas que se tem vndo a impor, sendo nesta altura indiscutível no onze de MM. Bom sentido posicional e boa capacidade de passe, " a formiga" fez um jogo discreto mas muito positivo.

Roberto Brum (9valores): Não está bem. O elo mais fraco da equipa. Apagado, sem chama, desconcentrado, o que se pasa com ele?

Lino (16valores): Decisivo nas jogadas dos golos (duas assistências), já justificou a contratação. MM moldou a equipa de modo a explorar as melhores características do lateral brasileiro, e o facto é que o trabalho está a dar os seus frutos. Asim haja quem responda aos seus cruzamentos milimétricos...

Dame (10valores): No melhor e no pior: um golo à ponta de lança, festejos exagerados que lhe valeram um amarelo, e um mau domínio de bola que o levou a fazer uma entrada dura
que lhe valeu a expulsão (15 min). Pode e deve jogar como avançado, fez em quinze minutos o que muitos não fazem em vários jogos... Vai fazer falta na próxima jornada.

Filipe Teixeira (18valores) : Infernal! Está em super forma. Faz o que quer dos defesas contrários, desequilibra qualquer jogo. Decisivo nos dois golos, a partir da explusão passou a ter as despesas do ataque, e não se fez rogado. Os adeptos do Leixões devem ter ficado impressionados com a enorme demonstração de classe que deu neste jogo. O melhor em campo.

Miguel Pedro (16valores): Fez-lhe bem passar dois jogos no banco, pois voltou ao onze com enorme vontade de mostrar que tem condições para ser titular. Fez um golo e bateu-se como um guerreiro até à substituição, perto do final.

Gyano (6valores): Entrou e o Leixões marcou. A ideia de MM era segurar os defesas do Leixões lá atrás, mas nunca o conseguiu. Entrou e saiu...

Nuno Piloto (6valores): Entrou para o centro, descaiu para a direita após a entrada se Sarmento, foi mais um na luta dos minutos finais.

Sarmento (-): Não tocou na bola...

Diogo Lucas Pires

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

O próximo adversário dos estudantes é o V.Setubal, que se fará deslocar a Coimbra em situação delicada na tabela classificativa e procurará ainda uma desforra da eliminação da taça na ronda anterior.
O jogo é da maxima importância pois, em caso de vitória da Académica pode atirar definitivamente os sadinos para a cauda da tabela e cavar um fosso confortavel para a briosa que assim mais liberta do fantasma da despromoção se poderá lançar na aventura de um lugar mais consentâneo com o real valor da equipa.
Para dificultar ainda mais a tarefa, Káká e Dame, expulsos hoje no jogo da taça frente ao Leixões, não constituem opção na recepção aos homens do Sado e vão forçar Manuel Machado a mexidas no 11 base da briosa.

Libelinha (Ricardo Martins)

Etiquetas: , , , ,

Autor: Diogo Lucas Pires » COMENTE: |

TERMINOU!

O espirito de 39

Terminou a partida no Estádio do Mar!

A briosa venceu mesmo por 2-1 frente ao líder da divisão de honra apesar das expulsões de Dame e Káká!...duas baixas importantes para o jogo importantissimo frente aos sadinos agendado para o proximo domingo às 16h.

Haja coração...foi sofrer até ao fim! É o nosso fado!

Contra tudo e contra todos a Académica segue em frente na prova para delírio dos jogadores e adeptos. Até onde poderemos ir nesta campanha este ano?

Eu tenho fé no Jamor. Vamos a eles! FORÇA BRIOSA!

Recordo a marcha do marcador: Dame (10'), Miguel Pedro (24'), Elvis (59')
a briosa segue em frente!

Depois do Exito da película: BRIOSA - Road to Jamor! Episode II, o realizador Manuel Machado fez já saber que a sequela vai ter uma triologia e que possivelemente não se ficará por aí. Para já sabemos que o Episode III é uma realidade!



Mais logo, o comentário à partida e as avaliações individuais por Diogo Lucas Pires.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Intervalo

Tempo de intervalo no Estádio do Mar em Matosinhos.

Ao intervalo a briosa vai vencendo por 2-0, com golos de Dame N'Doye (10') e Miguel Pedro (24').

A Académica joga com 10 elementos por expulsão de Dame (aos 15'), uma decisão fortemente contestada pelos estudantes.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Leixões - Académica: A festa da Taça!

Equipa provavel


Hoje, pelas 14h e 30 m, joga-se mais uma eliminatória da Taça de Portugal. Dois históricos do futebol português em confronto, dois clubes com tradição nesta prova.
O Leixões, líder da II Liga, tem a seu favor o factor casa, certamente com alguns milhares de adeptos a torcer fervorosamente pelo clube, factor muito importante em jogos a eliminar, mais ainda quando, após a mudança das regras da competição, a eliminatória terá sempre de ficar decidida no jogo de hoje.
A formação de Matosinhos tem uma equipe forte, coesa, agerrida, que joga à imagem do seu técnico, o nosso bem conhecido Vítor Oliveira.
Tem nas suas fileiras o melhor marcador da II liga, o brasileiro Roberto, que após várias épocas ao serviço do Penafiel onde teve apenas prestações medianas,"explodiu" nesta época, e é uma das principais ameaças para a defesa da Briosa.
Resta saber, como já ouvi por aí, se o Leixões vai poupar alguns jogadores para centralizar esforços na luta pela subida de divisão, mas não me parece que isso vá acontecer.
Quanto à Briosa não tenho dúvidas que estará na máxima força.
Manuel Machado parace já ter encontrado uma equipe base, pois acaba de repetir pela primeira vez nesta época um onde inicial (jogos com Setúbal e Benfica), mantendo também inalterada a lista de convocados para o jogo de hoje.
O guarda-redes é intocável (Pedro Roma); três centrais que dão garantias de consistência, embora revelem por vezes alguma falta de entrosamento, sendo que, na minha óptica, esta tripla renderia mais se Litos jogasse ao centro e Danilo descaído para a direita, e não o contrário, Litos-Danilo-Kaká, esquema com que joga MM.
A lateral direita deverá estar novamente entregue a Roberto Brum, pese embora o seu mau desempenho frente ao Benfica (apesar de nas análises de alguns jornais ter tido nota mais elevada do que Kaká, por exemplo...). É urgente encontrar uma alternativa para esta posição, seja ela encontrada dentro do plantel (Nuno Piloto, Sarmento, Nuno Luis que está lesionado...) ou fora dele, passando nessa caso pela contratação de um novo jogador.
A equipe está claramente desequilibrada nas alas.
Do lado contrário, Lino tem sido indiscutível e deverá ser titular.Trata-se de um jogador que compensa alguma inaptidão para a recuperação defensiva com uma enorme propensão para atacar e cruzar na perfeição.
Na zona central do meio campo certamente aparecerão o guerreiro Paulo Sérgio e a formiga Alexandre, jogadores de trabalho, embora cada um com seu estilo.
A fantasia da equipe voltará a sair dos pés de Filipe Teixeira e Dame Ndoye, os mais virtuosos do plantel da Briosa, jogadores imprescindíveis para a que a Académica possa chegar longe na Taça e atingir os seus objectivos no campeonato.
Na frente Gyano ganha vantagem aos seus colegas de posição, sendo que Gelson está lesionado, e que, para Nestor Alvarez, o golo apontado no Dragão parece ter sido um oásis num deserto enorme que tem sido a sua prestação com a camisola preta.
Ainda assim, o Húngaro não é ainda um jogador que dê garantias de fiabilidade, parece por vezes ingénuo, e a Académica, no meu entender, deve contratar um jogador para esta posição, um jogador para fazer golos (que saudades, Joeano...)
Esperamos que os adeptos da Briosa se desloquem em massa a matosinhos para apoiar a equipa!
Eu estarei lá...
Força BRIOSA!






Se não puder acompanhar a nossa briosa ao Estádio do Mar, poderá acompanhar toda a acção em 107.9 FM ou em www.ruc.pt (siga o nosso link RUC EMISÃO ONLINE)

Autor: Diogo Lucas Pires » COMENTE: |

Cláudio Pitbull?

sábado, 20 de janeiro de 2007

Rapazes de Preto

A edição de hoje do jornal O Jogo avança que está quase concluído o negócio para o empréstimo de Cláudio Pitbull à Académica, pelo FC Porto. É uma notícia que não deixa de surpreender, até porque não a vi em mais lado nenhum.

Analisando o possível reforço, devo dizer que não tenho uma visão tão pessimista como outros. Do contentor de brasileiros que chegou ao Porto em Janeiro de 2005, Cláudio até foi dos que mostrou alguns pormenores interessantes, mas entrou numa equipa em queda. Para além disso, é um jogador que actua sobre o lado esquerdo do ataque, uma posição em que estamos débeis desde a lesão de Hélder Barbosa.

O grande senão poderá ser o factor motivação: Cláudio já rodou por três clubes desde que foi dispensado do Dragão e não rendeu em nenhum. Para além disso, tem fama de ser um jogador conflituoso, o que não seria muito bem vindo ao balneário. Aguardemos a confirmação desta notícia.

Reforços de Janeiro

A Académica, à semelhança de quase todas as equipas da Liga, anda muito parada neste mercado de Inverno. Compreende-se. Afinal de contas, a altura é de vacas magras e nenhuma equipa se arrisca a contratar por contratar.

Os jogadores que Manuel Machado tem à disposição já mostraram serviço e dão garantias de uma segunda volta mais tranquila. No entanto, um ou outro ajuste seria bem vindo, nomeadamente no ataque. Nestor Alvarez tem estado àquem das expectativas, Gelson tem lutado contra problemas físicos e Gyano, apesar de esforçado, mostra ainda algumas carências. O regresso de Joeano já foi falado, e seria ouro sobre azul, mas o elevado salário do jogador pode complicar essa aquisição.

Na defesa, e contrariamente ao que se tem referido, não acho que seja urgente um lateral direito, até porque há uma solução no plantel, e que o ano passado fez bons jogos nesse lugar: Sarmento. Trata-se de um bom jogador, jovem, e um produto das escolas da Briosa, tendo já mostrado serviço nas vezes que foi chamado.

No entanto, e em jeito de conclusão, não me parece que a Académica precise de grandes mexidas no plantel para este mercado de Inverno. O grande reforço passará por assegurar a continuidade de jogadores chave como Filipe Teixeira ou Dame N'Doye.

Abraço

Etiquetas:

Autor: João Campos » COMENTE: |

BRIOSA - Road to Jamor! episode: II

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

BRIOSA - Road to Jamor! Episode: II

Depois do sucesso da tirada anterior (AAC 2 - 1 VFC), o realizador Manuel Machado prepara a equipa para a sequela, desta feita no Estádio do Mar. O vilão do filme é o Leixões que fará tudo para tentar impedir a nossa heroina de completar a sua missão.

BRIOSA - Road to Jamor! episode: II, estreia domingo as 14h30.

Leixões à porta
É já este domingo, pelas 14h30, que a Briosa enfrenta o actual líder da Honra, Leixões, equipa que merece, por parte de Manuel Machado, enormes elogios. “Temos a consciência do valor do Leixões, que, em casa, se torna ainda mais forte, e que não é por acaso que lidera a Honra, tendo, nesta altura, legítimas perspectivas para subir de divisão; diria que o resultado é imprevisível, com o favoritismo em campo a ser repartido”.
Leixões que, para alem de líder joga em casa no Estádio do Mar, um campo tradicionalmente difícil e ainda é orientado por Vítor Oliveira, um antigo técnico dos estudantes. Adivinha-se um jogo de enorme grau de dificuldade, mas taça é taça e em Coimbra a competição é muito querida dos adeptos. O sonho vive.
Tal como aconteceu na ronda anterior da Taça, na vitória (2-1) ante o Setúbal, Manuel Machado promete não fazer quaisquer alterações significativas no onze inicial, em relação aos últimos jogos.
Para a viagem a Matosinhos, a direcção da Académica disponibiliza bilhetes por apenas 5 euros aos adeptos, o que poderá levar muitos conimbricenses a “equilibrar as forças na bancada”, assim espera Machado. E vocês? Vão ou não vão a Matosinhos?

Relato exclusivo na RUC

Apenas através da Rádio Universidade de Coimbra será possível acompanhar, em directo, o Leixões-Académica, no próximo Domingo. A solução ideal para os academistas que, por isto ou por aquilo, não poderão mesmo deslocar-se até ao Estádio do Mar, em Matosinhos. Já sabem, em 107.9 ou em www.ruc.pt.

Use, no Domingo à hora do jogo o link RUC EMISÃO ONLINE para aceder directamente ao relato.

Autor: Libelinha » COMENTE: |

EM JEITO DE DESABAFO!

Há uns anos atrás, o meu amigo João Mesquita escreveu num artigo sobre a minha pessoa, que eu podia não ser um politico por excelência, mas seria, seguramente, um academista por excelência.
Numa altura em que, aos 23 anos e menos de 1 de vida política, acabava de ser eleito Presidente da JSD de Coimbra, nunca tais palavras me soaram tão bem. A verdade é que muitas vezes deixei os meus afazeres políticos para segundo plano para puder acompanhar a minha Briosa, e nunca me arrependi!
O porquê destas minha primeiras palavras ficará, para vocês, internautas Briosos, aquilatarem mais à frente, são, seguramente, a imagem firme de alguém que sempre pôs a Académica à frente de tudo (menos da doença e morte do meu Pai) e uma mensagem que há muito tento passar. Querer bem à minha Briosa é bem mais importante que a minha imagem futura, se o que escrevo na blogoesfera servir um dia para me atacarem mas, por outro lado, ajudar a salvar o que resta da minha Académica, então que seja eu o sacrificado. Numa guerra não se escondem as armas e quem fica em casa não será esquecido, pelo menos por mim.
Não vejam no entanto esta minha declaração como um abrir de hostilidades, quero o melhor para a Instituição, estou aqui para a defender sempre, gritar as sua conquistas, chorar as sua derrotas, abraçar os seus campeões, mas não me peçam nunca para defender o impossivel, desculpar o culpado, ou achar certo o que sei (no meu coração) estar errado. Eu sou da Académica, daquela de 39 que meu Avô viu crescer, da dos anos 60, que meu Pai e meus tios viram vencer, sou da Académica de capa e batina ao vento, de lições mundanas a inspirar um país, sou de uma Briosa que se dizia assim e o era de facto, não sou defensor do abismo para que caminhamos, esse clube não é, nem nunca será, o meu, a minha equipa pertence a uma Instituição secular, não a um qualquer clube de bairro que se fez grande na mediocridade da corrupção como o Leiria ou o Guimarães. Eu quero ser DIFERENTE (dos dinossauros)!!!

Abraço.

Autor: JFKampos » COMENTE: |

Pontapé de saida.

Espaço académico de debate e opinião

Depois de varias conversas e reuniões, entendemos ter chegado o momento oportuno para ‘arrancar’ com o blog.

A equipa base dos Rapazes de Preto está formada e tem por característica a heterogeneidade e pluralidade de todos os seus elementos que têm por missão dar-lhe as noticias do dia-a-dia da instituição/clube e com as suas opiniões contribuir para alargar o debate académico neste espaço, que pretende ser um ponto de encontro de academistas e de informação.

É por sermos da Académica que sentimos em nós esta necessidade de partilhar com a comunidade academista, sócios e adeptos, o amor por tão grande instituição e contribuir para o seu crescimento.

É nossa convicção que este espaço contribua, ainda mais, para o desenvolvimento do sentimento academista e paixão pelo clube, tornando-se um espaço diário de convívio da comunidade.

Os ‘Rapazes de Preto’ estão, agora em condições de iniciar esta aventura na blogosfera. Aproveito para desejar aos meus colegas editores bons posts e a você que nos lê, boas leituras e bons comentários.

…”as notícias seguem dentro de momentos”

Etiquetas: , , , , , ,

Autor: Libelinha » COMENTE: |

Apresentação

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007



Caríssimos académicos e academistas.

É com alegria e orgulho que vos apresento os ‘Rapazes de Preto’, um novo espaço academista na blogosfera.

O objectivo prioritário deste blog é levar a todos os academistas, as noticias, novidades, questões e assuntos do quotidiano da nossa instituição. ‘Rapazes de Preto’ pretende ser um espaço plural de opinião, debate e troca de pontos de vista sobre a Associação Académica de Coimbra, no qual a sua realidade estará sempre em cima da mesa.

A pertinência da criação de um novo espaço prende-se com diversas questões, como a informação fidedigna junto das fontes e da realidade do clube, e por considerarmos fundamental uma total independência de qualquer tipo de grupo ou facção seja a nível de direcção ou oposição. Pretendemos ser, de facto, um espaço de informação e debate independente de qualquer tipo de pressão e em que a isenção seja a marca dominante e a pluralidade das opiniões de cada um seja respeitada e aceite.

Os ‘Rapazes de Preto’ são compostos por diversas individualidades ligadas às mais diversas áreas da sociedade e do clube. Algumas, devido ao seu estatuto pessoal ou profissional, poderão optar pelo anonimato de modo a proteger a sua imagem. Sentimos, como imperativo, congregar neste espaço vários órgãos de comunicação social da casa e da cidade, como a Ru( -Radio Universidade de Coimbra e o Jornal Universitário ‘A Cabra’, entre outros, que aqui se farão representar a nível indivividual e não o farão em nome dos órgãos a que pertencem.

Juntamos ainda pessoas que estiveram ligadas a outros blogs e pessoas que integram uma das mais antigas mailing list da Académica, o Briosagolo, de forma a aproximar cada vez mais a comunidade académica e nos afirmarmos como um espaço de eleição de informação e debate.

Garantimos um trabalho sério, com credibilidade de forma a trazer aos sócios e simpatizantes da AAC/OAF todas as incidências e actualidade da instituição, num olhar que passará não só por um acompanhamento do futebol profissional como também pelas mais diversas secções e modalidades amadoras da Casa-Mãe.

‘Rapazes de Preto’ é um espaço de academistas para academistas.

Saudações briosas e votos de bons comentários!

VIVA A ACADÉMICA!


Etiquetas: , , , , ,

Autor: Libelinha » COMENTE: |